quinta-feira, 3 de janeiro de 2008

1ª sugestão literária 2008

No dealbar deste novo ano – 2008 – retomo as minhas partilhas literárias. Acabei o ano a sugerir uma bela obra do húngaro Sándor Márai. E como primeira proposta deste novo ano sugiro Palavras e Sangue (Clássicos da Literatura, 215 pág., numa edição exclusiva para os hipermercados Modelo) de Giovanni Papini. Este escritor italiano nasceu a 9 de Janeiro de 1881, em Florença, e faleceu nessa mesma cidade a 8 de Julho de 1956. É um autor controverso, mas afirma-se por ser um escritor vanguardista.
Este seu Palavras e Sangue é um conjunto de conto, escrito de forma sublime, que nos fazem pensar nos mais diversos problemas da Vida e do Pensamento. É um livro que nos faz pensar em tantas verdades adormecidas nos nossos “eus” que por vezes temos medo de destapar. Este livro de vinte e quatro pequenos contos (dos quais destaco “O Prisioneiro de si próprio”, “Quem me ama morre” e “O Mendigo de Almas”) não deixa ninguém indiferente quer seja pela crueza das ideias quer seja, ao menos, pela força das palavras.

(José Amaral)

12 comentários:

Isabel-F. disse...

fica registada a tua sugestão...


bom fim de semana

bjs

Amaral disse...

Isabel
Bom fim-de-semana
Bjo

ILDA OLIVEIRA disse...

Olá Caro Amigo José Amaral. Obrigado pela tua visita.
Se for o teu desejo, poderás me contar para o email: ilda.oliveira@gmail.com. Porque pensei em algo em relação ao workshop. Já me fizeram essa proposta de organizar em outro lugar. E podes crer que deu certo. Fui muito bemn recebida. E o Workshop foi muito positivo para ambas as partes...Que achas da ideia? não precisas publicar este comentário. Porque fiz desta forma o contacto, porque não tenho o teu email.
Até breve
Boas aulas por Viseu.
Beijo

Amaral disse...

Ilda
Fica registado o teu e-mail e a tua sugestão. Não apago o comentário pois pode servir para outros interessados te contactarem para iniciativas nas suas zonas.
Bjoi

Meg disse...

Meu caro amigo
Fiz uma promessa a mim própria... não compro mais nenhum livro enquanto não ler o monte deles que ali tenho e que têm crescido como cogumelos à minha volta.

Mas não desdenho de forma nenhuma a sugestão!

Um grande a braço

Amaral disse...

Meg
Eu não fiz nenhuma promessa para avolumar os seus livros-cogumelos, mas estou confiante que quando ler os seus irá comprar alguns dos que aqui sugeri.
Bom fim-de-semana
Abraço

A. João Soares disse...

Creio já o ter lido numa época, entre 1959 e 1961, em que lia muitos livros de autores italianos, salvo erro da Editora Ulisseia. Numa época posterior li muitos de origem francesa, ligados a assuntos sociais e políticos. Agora estou como a Meg, porque o tempo não sobra e a paciência falta.
De qualquer forma, o seu blog é um instrumento de consulta em caso de compras para uso próprio ou para oferta.
Obrigado por estes dados que coloca à nossa disposição.
João

Amaral disse...

João
Obrigado pela confiança depositada no meu blog. Faço o melhor possível.
Não perca o gosto pela leitura. Sempre se arranja um tempinho para ler.
Bom fim-de-semana
Abraço

Paulo Sempre disse...

Seja porque força for, é um livro que vou ler "de fio a pavio".
Abraço
Paulo

Amaral disse...

Paulo
Leia que vai gostar (a avaliar pelo seu blog). Faça uma boa leitura.
Boa semana
Abraço

joão oliveira disse...

Cumprimentos Amaral e renovados votos de um ano de 2008 repleto de êxitos.

Não perca essa sua faceta de nos dar a conhecer e incentivar à leitura.

um abraço

Amaral disse...

João Oliveira
Tentarei fazer o melhor possível.
Boa semana
Abraço