quarta-feira, 12 de março de 2008

Giórgos Seféris nasceu em Esmirna, a 13 de Março de 1900 e faleceu em Atenas, a 20 de Setembro de 1971. Este escritor grego ganhou o Prémio Nobel de Literatura em 1963.
Confesso não conhecer o autor, nem a sua obra, mas numa pesquisa na Internet encontrei este poema da sua autoria e que muito me agradou.
Aqui o partilho:


Última Estação

Poucas foram as noites de luar de que gostei.
O a-bê-cê dos astros que se soletrata
como o traz o penar do dia que se fina,
dele se tirando novos sentidos e novas esperanças,
mais claramente pode ler-se.
Agora que aqui estou desocupado a meditar,
poucas luas me ficaram na memória;
as ilhas, a dorida cor da Virgem, o lento declinar
do luar nas cidades do norte, que por vezes lança
nas ruas agitadas, nos rios, nos membros dos homens,
um pesado torpor.
No entanto, ontem à noite, neste nosso último cais
onde aguardamos que amanheça a hora do regresso
como uma antiga dívida, uma moeda que ficasse durante anos
no cofre dum avarento, e por fim
chegasse o momento de pagar e se ouvissem
os cobres a tilintar na mesa,
nesta aldeia tirrena, por detrás do mar de Salerno
por detrás dos portos do regresso, no fim
duma borrasca de Outono, a Lua furou as nuvens
e as casas na encosta da outra margem fizeram-se esmalte.
Silêncios que a lua ama.

Giórgos Seferis,
(tradução Manuel Resende)
(José Amaral)

12 comentários:

ILDA OLIVEIRA disse...

Olá querido amigo Amaral.
Irmão da Palavra e Sorriso...
Obrigado pela tua visita e pelas palavras também.
Creio que está próximo esse dia para o tal abraço(risos...)
Recebe aquele abraço grande...
E que ele possa ai chegar a Viseu em Breve também a nível físico
Entretanto que tal eu ir numa escola em Viseu com Sessões de Contos ou Poesia e em simultâneo realizar essa formação...
Deixo-te este desafio nas mãos...Aceitas?

Beijo e sorrisos...
Até Breve

Laurentina disse...

Será a ultima estação da sinistra?!
Olá Amaral, como vamos de lutas?
Olha que é um regalo para a vista a mansidão da "tua" "nossa" "dela" ministra...vade retro!!!
Quem a ouve não a manda prender....

beijão grande

Templo do Giraldo disse...

http://templodogiraldo.blogspot.com/


Passem por aqui.


SAUDAÇÕES.

Amaral disse...

Ilda
Acho a proposta interessante. Vou falar aqui na minha escola para ver o que é possível. É apenas uma EB 2,3, mas serve.
Bjinho

Amaral disse...

Laurentina
A luta tem de continuar. Com bom senso e com coragem havemos de conseguir.
Bjo

Amaral disse...

Templo do Giraldo
Obrigado pela visita. Passarei.
Abraço

GeoBlog disse...

Amaral
É sempre um enorme prazer passar pelo teu blog! Gostei muito!
Não tenho colocado nada no meu pois o tempo é escasso e o trabalho é tanto e tanta preocupação...
Fico muito feliz por ires comentado o que lá coloco!
Obrigado! És uma pessoa maravilhosa, de coração puro,...
beijos,
Adelaide

Meg disse...

Querido Amigo, em dia de aniversário tenho uma surpresa para os meus amigos HOJE lá em casa.
E tu és um deles

Um abraço

Amaral disse...

Adelaide
Eu é que agradeço a tua visita. Sei como é, por vezes também me falta tempo para colocar novos post's, mas lá se vai conseguindo.
Obrigado pelas palavras simpáticas. Também te tenho num cantinho do coração. A Amizade não precisa de ser agraciada, mas mesmo assim Obrigado.
Bjinho

Amaral disse...

Meg
Vou já passar por lá.
Abraço

Isabel-F. disse...

Não conhecia ...

gostei do poema.


bjs e bfds

Amaral disse...

Isabel
Obrigada. Bom fim-de-semana
Bjo