sexta-feira, 11 de maio de 2007

Surreal


Salvador Dalí nasceu em Figueras, Catalunha, na Espanha, em 11 de Maio de 1904. Desde cedo revelou talento para o desenho e o pai, um tabelião, mandou-o a Madrid, onde conheceu Luís Buñuel e o poeta Federico García Lorca, para estudar na Escola de Belas-Artes de San Fernando, da qual seria expulso anos depois.

Em 1928, persuadido pelo pintor catalão Joan Miró, transferiu-se para Paris e aderiu ao movimento surrealista. Foi por essa época que conheceu a mulher do poeta Paul Éluard, Gala, sua futura companheira e modelo.

A sua exposição de 1933 deu-lhe fama internacional e Dalí lançou-se, então, a uma vida social repleta de provocações e excentricidades. Essa atitude, por alguns considerada mistificadora e venal, aliada a uma postura apolítica, provocou sua expulsão do grupo surrealista.

Durante a segunda guerra mundial, Dalí radicou-se nos Estados Unidos, perto de Hollywood, e colaborou em alguns filmes. No final da década de 1940 regressou à Espanha e deu início a uma fase inspirada em obras-primas de pintores do passado.

Posteriormente, alternou a pintura com o desenho de jóias e a ilustração de livros. Enquanto isso, sucediam-se as retrospectivas de sua obra.

Em 1974 foi inaugurado em Figueras o Museu Dalí. Oito anos depois morreu Gala, facto que incidiu negativamente sobre sua actividade artística.

Em 23 de Janeiro de 1989, na mesma Figueras natal, morreu Salvador Dalí.


Vale a pena consultar:

http://www.sergiosakall.com.br/artistas/personalidade_dali.html

http://www.salvadordalimuseum.org/home.html

http://www.daligallery.com/

(José Amaral)

4 comentários:

Isabel-F. disse...

... gostei de ler...
aprecio muito o trabalho de Dali ...

e ... rsss ... brincando mas é verdade ... um perfume que existe e que tem o nome dele.

bom fim de semana
bjs

Amaral disse...

Isabel
eu aprecio enormidades no trabalho e na personalidade dele.
Conheço o perfume e gosto
Bjo

inconformist disse...

Interessante, a obra de Dali.... foi um criativo bastante provocador,mexeu com os canones da pintura da sua epoca...tb gosto do perfume com o seu nome...

Amaral disse...

Inconformist
Dali mexeu não só com os cânones, mas com muitas outras coisas. Era um génio e como génio fazia o que lhe apeteceia.
O perfume, ah...
Bom fim-de-semana