quinta-feira, 4 de outubro de 2007

HOMENAGEM AOS PROFESSORES

O dia 5 Outubro foi declarado pela UNESCO Dia Internacional do Professor (cfr. Dia Internacional do Professor).
O AD LITTERAM deixa aqui a sua singela palavra de apreço para todos aqueles que, como o autor deste blog, são professores.

Amendoeira

Finais de Janeiro!

Em alguns dias
o Sol faz-se
anunciar
alegrando
os enfadonhos e tristes
dias de Inverno.
Na berma da estrada
por onde passa,
o professor
vê as amendoeiras
florir.

Algumas, já vestidas
de pétalas
branco-rosa,
são o contento
daquele que passa
todos os dias
por aquelas
desertas vias.

Em breve
desprender-se-ão da vida
e farão
estranhos bailados
no céu azul.


(in “Outonalidades”, José Amaral)

6 comentários:

al cardoso disse...

A minha humilde e sincera homenagem a todos aqueles que formam os homens e mulheres do futuro!

Um abraco de amizade e parabens pelo magnifico poema.

Amaral disse...

Al Cardoso
Obrigado pelas palavras acerca do poema.
Quanto à sua homenagem, fica registada.
Bom feriado.
Abraço

Meg disse...

Lembro-me de todos os meus professores, mas isso eram outros tempos. Em que os professores eram a imagem da autoridade e da sabedoria, eram respeitados por alunos e por pais (principalmente).

E hoje, meu caro amigo? Não sei.

Um abraço

Amaral disse...

Meg
Hoje ainda há progessores assim, mas tendem a ser poucos, porque a sociedade não está preparada para professores sábios e exigentes. Prefere o facilitismo e depois é o que se vê.
Bom feriado
Abraço

A. João Soares disse...

O seu poema faz lembrar a educação que forma s crianças, que as modela com veia de escultor, tornando-as adultos e cidadãos responsáveis. Seria bom que todos os professores fossem bons escultores de pessoas, que a sociedade reconhecesse essa sua bela e difícil missão. O mundo seria melhor, com mis respeito pelos outros e mais pesquisa científica e técnica para melhores condições de vida de todos. Escrevo isto com o pensamento em muitos professores que tive e cuja influência na minha formação nunca esquecerei e a quem preto a mais sincera e reconhecida homenagem.
Abraço

Amaral disse...

João
Ainda há professores assim, que marcam e esculpem as pessoas para a vida. Infelizmente quem de direito não lhes presta a devida homenagem.
Abraço