sexta-feira, 6 de julho de 2007

07-07-2007

Concorde-se ou não com a escolha (e acima de tudo com o método da mesma) é já amanhã, 7 de Julho de 2007, que serão eleitas as Sete Novas Maravilhas do Mundo e, também, as Sete Maravilhas de Portugal.
A partir do Estádio da Luz e com transmissão para todo o mundo veremos quais as eleitas.
De entre as finalistas, aposto – nas internacionais – em Angkor Wat, Taj Mahal, Timbuktu e Grande Muralha.
De entre as nacionais o Castelo de Almourol, Convento e Basílica de Mafra e Ruínas de Conímbriga.
Entretanto aqui fica o meu contributo:



maravilhas


Julguei-me à altura

de realizar uma obra d’arte

comparável às sete maravilhas

do mundo antigo:

imorredoura,

quais faraónicas Pirâmides do Egipto;

luzente,

qual promontorial Farol de Alexandria;

encantadora,

quais fragrantes Jardins Suspensos de Semíramis e muros da Babilónia;

divinal,

qual majestosa Estátua de Zeus Olímpico de Fídias;

sublime,

qual imponente Colosso de Rodes;

tumular,

qual gigantesco Mausoléu Halicarnasso;

e sagrada,

qual magnificente Templo de Artemisa em Éfeso.


Vi-me na iminência de,

impotente,

não atingir tão valeroso objectivo.


Pensei, então,

utilizar o molde

de algumas maravilhas

do mundo dos nossos dias:

o natural Machu Picchu;

a lunar Muralha da China;

o sonoro Big-Ben;

a altiva Tour Eiffel;

a libertadora Estátua da Liberdade.


Tampouco me achei

capacitado para ombrear

com tamanhas preciosidades.

Pensei, uma última vez,

em atingir

a mestria das maravilhas

do mundo natural

e quis fazer frente:

ao desértico Grand Canyon

ou

às dantescas Cascatas de Iguaçu.


Nada, nada, nada!!!


Cheguei à triste conclusão

que era incapaz de,

qual arquitecto,

reproduzir

ou imaginar sequer

qualquer maravilha

que tenuemente se aproximasse

de tão grandes maravilhas.


(in Oráculo Luminar, José Amaral)

10 comentários:

Isabel-F. disse...

o teu poema é UMA MARAVILHA

bom fim de semana para ti

bjs

Amaral disse...

Isabel
obrigada pelo elogio.
Bom fim-de-semana para ti
bjo

aDesenhar disse...

excelentes escolhas das 7m.
devo dizer que, sejam quais forem as eleitas, e muito já se escreveu sobre o assunto por essa blogosfera, escolho o teu texto ou poema como uma
das 7maravilhas/escrita/blogosfera.
sinceramente.

abraço

Amaral disse...

Adesenhar
muito origado pela escolha. É sinal que o poema relamente agradou e isso deixa-me extremamente "maravilhado".
Bom fim-de-semana
Abraço

Mel de Carvalho disse...

De blog em blog, cheguei aqui. Partilhamos o mesmo gosto musical: esta é a música que toca no meu blog.
O seu poema é muito belo, sem qq dúvida.

Gosto em conhecer esta casa
Um abraço

Mel
www.noitedemel.blogs.sapo.pt

inconformist disse...

Sem dúvida...pela escrita pode-se viajar imenso...todas estas maravilhas, incluindo a tua pp poesia ainda mais conscientes nos fazem estar sobre certas questões do nosso planeta...hoje dia 7 do 7 de 2007 0 live aid alerta-nos para a necessidade de um mundo melhor a nível ambiental...gostei do poema!

A. João Soares disse...

Uma beleza este poema. A quantidade de maravilhas referidas tem por si mais significado do que um célebre diploma de uma muito falada universidade particular. A cultura é um valor perene não perecível nem negociável.
Parabéns
Abraço

Amaral disse...

Mel de Carvalho
Seja bem vinda a minha casa. Irei visitar a sua casa também.
Quanto à música louvo-lhe o gosto.

Amaral disse...

Inconformist
Obrigado pelo elogio à minha poesia. O mundo precisa de acontecimentos como este que despertem a nossa consciência.
Bom fim-de-semana

Amaral disse...

João Soares
Os diplomas são outra história. Viu-se ontem as vaias que levou.
Bom fim-de-semana
Abraço