quinta-feira, 8 de abril de 2010

a não perder

Mais uma sugestão literária. Desta feita trata-se de uma obra de um escritor português. A máquina de fazer espanhóis (Alfaguara, 287 páginas), de valter hugo mãe.
Trata-se de um livro de leitura fácil, com uma história muito bem urdida. Faz-nos reflectir e ao mesmo tempo divertir, pois nota-se um apurado sentido de humor por parte do escritor.
Aqui fica a sinopse:
«Esta é a história de quem, no momento mais árido da vida, se surpreende com a manifestação ainda de uma alegria. Uma alegria complexa, até difícil de aceitar, mas que comprova a validade do ser humano até ao seu último segundo. a máquina de fazer espanhóis é uma aventura irónica, trágica e divertida, pela madura idade, que será uma maturidade diferente, um estádio de conhecimento outro no qual o indivíduo se repensa para reincidir ou mudar. O que mudará na vida de antónio silva, com oitenta e quatro anos, no dia em que violentamente o seu mundo se transforma?»
Uma obra a não perder. Recomendo vivamente.

(José Amaral)

2 comentários:

Isabel-F. disse...

Registo a tua recomendação ...
parece ser uma história bem interessante.

bjs

Amaral disse...

Isabel
Bem-vinda de novo. Já há muito tempo que não aparecias.
Vale mesmo a pena ler, pois é muito bom.
Bjo