segunda-feira, 15 de junho de 2009


fantasia


Eu cá viajo no mundo
da fantasia,
das fadas e gnomos,
e vejo que o ódio
que nas coisas pomos
nos torna,
a nós humanos,
num molho de...
desenganos.


(José Amaral, in "Oráculo Luminar")

17 comentários:

Delfim Peixoto disse...

Sem dúvida...
Como sempre, belo o poema
Abraço

Amaral disse...

Delfim
Obrigado! Fico contente por teres gostado.
Boa semana.
Abraço

Meg disse...

Amaral,

E como é verdade "o molho de desenganos"!
Por quanto tempo?

Um abraço

Amaral disse...

Meg
Esperemos que por pouco tempo.
Boa semana
Abraço

GeoBlog disse...

Amaral,
bonito poema, mais uma boa escolha!
Beijos

Amaral disse...

Adelaide
Ainda bem que gostaste.
Bjinho

Carla Pimentel disse...

Um "molho" de palavras muito acertado... Bjs

Amaral disse...

Carla
Ainda bem que acertei nas palavras. Nem sempre é fácil.
Bjo

JPCLEMENTE disse...

Mais um belíssimo poema.
Parabéns, amigo J.Joaquim e tem u óptimo fim de semana

Amaral disse...

João Paulo
Grato pelas palavras.
Bom fim-de-semana
Abraço

Carla Pimentel disse...

Olá Amaral,
deixei-te um prémio no meu blogue vai recebê-lo...
Bom fim-de-semana!

Amaral disse...

Carla
Agadeço desde já e passarei pelo teu blog.
Obrigado.
Bjo

Deusa Odoyá disse...

Olá meu amigo!!!
Um bonito poema.
Quem não fantasia esse mundo ilusório?
Parabéns...
Uma semana de muita paz, amor e luz.
Beijinhos doces.
Regina Coeli.

Amaral disse...

Regina
Uma vez mais fico contente por um poema meu ter sido do seu agrado.
Bjo

Deusa Odoyá disse...

mewu amigo Amaral.
Desculpe essa minha aus~encia, pois estou tentando escrever um livro de poesias minhas.
pois material já tenho o bastante, mas o que pesa são os custos.
Tenho já feitas 750.
Quem abe um dia, Deus possa abrir as portas e eu concretizar esse sonho.
O amanhã sempre renova minhas esperanças.
Seus poemas são lindos, puros e sensíveis.
Amo todos eles.
beijinhos doces, meu anjo poeta.
Regina Coeli.

Deusa Odoyá disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Deusa Odoyá disse...

mewu amigo Amaral.
Desculpe essa minha aus~encia, pois estou tentando escrever um livro de poesias minhas.
pois material já tenho o bastante, mas o que pesa são os custos.
Tenho já feitas 750.
Quem abe um dia, Deus possa abrir as portas e eu concretizar esse sonho.
O amanhã sempre renova minhas esperanças.
Seus poemas são lindos, puros e sensíveis.
Amo todos eles.
beijinhos doces, meu anjo poeta.
Regina Coeli.